Alta Floresta (MT), 16 de novembro de 2019 - 23:36

Polícia

11/07/2019 07:26 Fonte: Só Notícias

Sobrinho confessa que matou tia em Sorriso e diz que não se arrepende do bárbaro crime

O suspeito de 28 anos, confessou na noite desta quarta-feira (10) , em entrevista coletiva, que matou a sua tia de 55 anos, a facadas e arrancou o coração dela. Além disso, afirmou não se arrepender do bárbaro crime e admitiu ser usuário de drogas. “Eu matei ela mesmo e não me arrependo de ter matado. Ela mereceu morrer. Ela ficou me difamado, me chamando de ‘viado’ e arrumando confusão. Eu só queria a paz, mas ela ficou insistindo em fazer isso. Tinha tomado LSD (Dietilamida do Ácido Lisérgico) no mesmo dia. Não tinha planejado (o crime). Quando eu tomei (a droga), falei, agora vai. É hora dela morrer. A arma do crime peguei lá mesmo, estava na cozinha”, disse Silva. A versão ainda está sendo investigada e poderá ser confrontada com depoimentos de familiares.

Infomrações são de que o suspeito já teve prisão prisão em flagrante convertida para preventiva pelo juiz da Segunda Varal Criminal de Sorriso na semana passada. Ele foi autuado por homicídio qualificado por motivo fútil e pode pegar pena de 12 a 30 anos de reclusão.

O brutal assassinato foi na semana passada, em uma residência na rua Rio Negro, no bairro Vila Bela. A filha de Maria disse que ele apareceu em sua casa, no mesmo bairro, com o coração de Maria em uma sacola plástica, confessando o assassinato. Em seguida, furtou o veículo Citröen e fugiu. A filha disse que foi até a residência da mãe e a encontrou morta.

A PM fez buscas e prendeu o acusado depois que ele invadiu uma área da concessionária de energia e bateu o veículo em um transformador. Ele teria tentado atear fogo no carro. Em seguida deixou o local e policiais o abordaram. Ele reagiu à prisão e acabou sendo algemado nas mãos e pés. Policiais militares relatam que ele confessou o assassinato, havia sinais de sangue em sua roupa e estava “bastante transtornado”.

O corpo estava no quarto da residência. “Havia duas lesões que abriram o tórax por completo. Muito provavelmente foram utilizadas duas facas. Uma de ponta e outra faca um pouco maior, de fio, para abrir o tórax da vítima”, descreveu o perito criminal Nilton Carlos Dalberto. “Esse é um fato completamente fora do comum, muito diferente do que a gente está acostumado a atender”, descreveu. O perito disse ainda que será periciado o veículo utilizado na fuga.


Editorial progresso11

Progresso FM 102,1

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

 

 

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo