Alta Floresta (MT), 22 de julho de 2019 - 15:21

Política

15/06/2019 07:25 Fonte: Gazeta Digital

Ministro promete obras, mas não diz de onde sairá recurso

Ferrogrão, duplicação da BR-364 e ferrovia chegando ao Norte de Mato Grosso. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, falou sobre investimentos em Mato Grosso, porém, foi vago ao explicar de onde sairiam esses recursos, já que muitas obras foram paralisadas justamente por falta de dinheiro. Freitas esteve no Terminal Ferroviário da América Latina, em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá) na sexta-feira, com a presença de autoridades do estado.

Ao ser questionado sobre as obras já paradas por causa da falta de recursos, o ministro afirmou que isso ocorreu por falta de planejamento. “Muito da paralisia se dá em função da falta de orçamento. Se abriu muitos frentes no passado e quando você não tem orçamento e abre um monte de frentes, não vai terminar nenhuma”.

Essa será a diferença nas obras e concessões anunciadas para Mato Grosso anunciadas por Freitas. “A gente está concentrando esforço e pegando o pouco dinheiro que tem e atacando para fechar as obras que estão em aberto. Tira aquilo da frente, abre espaço para atacar o próximo”.

Nessa concentração de esforços e recursos, as obras inacabadas são prioridade. “Antes de abrir novas frentes, a gente tem que concluir as obras que estão paradas, isso para nós é prioridade. Essa é a preocupação é a mesma de outros ministérios que mantém vínculos com os estados: eleger prioridades e terminar o que já está andando”, enfatiza o ministro.


Editorial progresso11

Progresso FM 102,1

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

 

 

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo