Alta Floresta (MT), 14 de dezembro de 2019 - 18:11

Política

02/12/2019 18:37 Fote: G 1

Bolsonaro diz que não vê taxação do aço pelos EUA como retaliação; 'Se for o caso, ligo para o Trump'

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta segunda-feira (2) que, "se for o caso", conversará com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a respeito da restauração de tarifas sobre a importação, pelos EUA, de aço e alumínio de Brasil e Argentina. Para ele, a medida anunciada pelo presidente norte-americano não é "retaliação".

À tarde, após a fala de Bolsonaro, os ministérios de Relações Exteriores, Economia e Agricultura também se pronunciaram por meio de nota (leia a íntegra ao final desta reportagem). O comunicado diz que "o governo trabalhará para defender o interesse comercial brasileiro e assegurar a fluidez do comércio com os EUA". Informa ainda que "já está em contato com interlocutores em Washington sobre o tema."

Mais cedo nesta segunda, Trump afirmou, em uma rede social, que a desvalorização das moedas de Brasil e Argentina prejudica agricultores norte-americanos. Por isso, vai restaurar as tarifas de importação sobre o aço e o alumínio dos dois países.

"Brasil e Argentina têm presidido uma desvalorização maciça de suas moedas. O que não é bom para nossos agricultores", escreveu Donald Trump. "Portanto, com efeito imediato, restaurarei as tarifas de todo o aço e alumínio enviados para os EUA a partir desses países".

Na sexta-feira, o dólar fechou a R$ 4,2397, em alta de 0,57%, acumulando valorização de 5,73% no mês de novembro. No ano, tem alta de 9,43% frente ao real.

De acordo com o presidente dos EUA, "o Federal Reserve [banco central dos EUA] deveria agir da mesma forma, para que países, que são muitos, não se aproveitem mais do nosso dólar forte, desvalorizando ainda mais suas moedas". Segundo ele, "isso torna muito difícil para nossos fabricantes e agricultores exportarem seus produtos de maneira justa".

Após a manifestação de Trump, Bolsonaro foi questionado sobre o tema ao sair do Palácio da Alvorada, onde costuma conversar com apoiadores e jornalistas.


Editorial progresso11

Progresso FM 102,1

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

 

 

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo