Alta Floresta (MT), 22 de setembro de 2019 - 17:42

Saúde

20/02/2019 09:37 CenárioMT

Mais de 100 novos casos de Leucemia podem ser diagnosticados em Mato Grosso

Em Mato Grosso, a Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica estima que 130 novos casos de leucemia podem ser diagnosticados, para cada ano biênio 2018-2019. O relatório aponta que os homens estão mais vulneráveis à doença em comparação com as mulheres.

Para conscientizar a população, o segundo mês do ano (fevereiro) foi escolhindo para campanha fevereiro laranja para falar sobre a leucemia. Essa doença é considerada  um câncer pela medicina, que atinge a medula óssea, local de produção das células sanguíneas do corpo humano.

A leucemia acontece quando essas células sofrem uma mutação genética e têm o seu desenvolvimento natural modificado. Neste caso, a estrutura funcional fica comprometida e as células doentes passam por um processo acelerado de multiplicação, ocupando o lugar de todas as células sadias. O Instituto Nacional de Câncer (INCA) aponta que os tipos mais comuns de leucemia são: linfoide crônica, a mieloide crônica, a linfoide aguda e mieloide aguda.

De acordo com Coordenadoria Epidemiológica do Estado de Mato Grosso, em cada 60 novos diagnósticos, estima-se um risco de 4,47 casos para um público de 100 mil mulheres. Já para o público masculino, são 70 novos casos, porém o risco estimando é menor, sendo de 3,79 casos para um público de 100 mil homens. O relatório aponta ainda que entre 2010 e 2016, a leucemia matou 578 pessoas, sendo que 300 eram homens e 278 mulheres.


Editorial progresso11

Progresso FM 102,1

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

 

 

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo